terça-feira, 31 de maio de 2011

Clara Galvão - Quarta-feira dia 01 de Junho.


Quarta-feira é dia de sair com amigos e relaxar para poder suportar o restinho da semana. Programe com seus amigos e faça a sua reserva (3254.2520) para passar momentos inesquecíveis ao som de Clara Galvão e Convidados. 

Clara Galvão irá nos encantar nesta quinta com o seu Cavaquinho interpretando “Samba e MPB”  a partir das 20:00.

sábado, 28 de maio de 2011

SUELDO SOARESS - HOJE AQUI NO MISTURA CENÁRIOS


AfroPopRockReggaSamba-Soul é uma proposta sonora que  junta o fino do 
balanço existente na Música Popular Mundial.

O amadurecimento desse compendio sonoro é feito por Sueldo Soaress através de muitos experimentos musicais. Colhendo o refinado suingue, Sueldo Soaress bebe nas artimanhas musicais de Tim Maia, Gilberto Gil, Luiz Melodia, Jorge Ben Jor, Chico César, Capital Inicial, Frejat, Chico Sciense, Lenine, Seu Jorge, Nando Reis, O Rappa, com o notório pretexto de singularizar a pegada, balanço, empatia e conteúdo musical que contamina e convida todos a quem o escuta a se deixar levar por essa sonoridade.

Juntando a tudo isso também , vem as composições autorais que fazem parte dos cd´s e mais os experimentos sonoros que irão serapresentados, em primeira mão, do novo trabalho que por hora esta por ser gravado!



Couvert: 5,00 por pessoa

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Sexta-feira é dia de Robston Medeiros no Mistura Cenários



Hoje é sexta-feira, dia de extravasar no Mistura Cenários ao som de Robston Medeiros interpretando o melhor da “MPB” como, Chico Buarque, Milton Nascimento, Djavan entre outros - a partir das 21:00

quinta-feira, 26 de maio de 2011

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Quinta-Feira (26/05) Especial - Roberta Lima Interpreta Roberto Carlos



Nesta quinta-feira Roberta Lima irá interpretar o maio nome da Música Brasileira, O Rei Roberto Carlos.


Faça sua reserva pelo telefone 3254.2520




Capixaba de Cachoeiro do Itapemirim, Roberto Carlos Braga nasceu no dia 19 de abril de 1941. 

Roberto é o artista latino-americano que teve mais discos vendidos e o cantor brasileiro que mais vendeu discos no mundo. Em 50 anos de carreira, completados em 2009, vendeu cerca de cem milhões de álbuns.

Seu sucesso teve início nos anos 60, quando celebrava o rock 'n roll com artistas como Erasmo Carlos, Wanderléa, entre outros. Junto com os dois cantores já citados, Roberto pode ser considerado um dos pais da Jovem Guarda. Nessa época ele emplacou músicas como Splish Splash, Parei na Contramão, É Proibido Fumar e O Calhambeque.

Depois de um desentendimento com seu parceiro de composições, Erasmo Carlos, Roberto seguiu escrevendo sozinho músicas marcantes. A trilha sonora do filme Roberto Carlos Em Ritmo De Aventura trazia canções dele como Por Isso Corro Demais, Como É Grande O Meu Por Você e Quando. O filme além de reatar a amizade com Erasmo, garantiu a Roberto o sucesso também nos telões, com uma das maiores bilheterias da época. 

A mudança na carreira do cantor viria com a chegada dos anos 70. Ainda em 1969, seu disco Roberto Carlos, que trouxe faixas como As Curvas da Estrada de Santos e As Flores do Jardim de Nossa Casa já mostrava traços mais românticos. Foi nos anos 70 também que Roberto firmaria seus laços fortes com a religião. O álbum de 1970 trazia a canção Jesus Cristo, um de seus maiores sucessos.

O último filme intitulado Roberto Carlos a 300 por Hora é de 1971, quando ele também lançou um novo disco com músicas marcantes: Detalhes, Todos Estão Surdos e Embaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos. 

O programa anual de Roberto Carlos na Rede Globo de Televisão teve início em 1974, quando obteve um grande índice de audiência.

A chegada dos anos 80 marcou uma nova fase na carreira internacional de Roberto Carlos. Ele gravou seu primeiro disco cantado todo em inglês. Em 1982, receberia da CBS o prêmio Globo de Cristal, por vender mais de 5 milhões de cópias fora do seu país de origem.

Já em 1988, ganharia o Grammy de Melhor Cantor Latino-Americano e ainda atingiria o topo da parada latina da Billboard. 

Nos anos 90, Roberto Carlos continuou como um grande campeão de vendas ao bater os Beatles em vendagens, com mais de 70 milhões de cópias.

Nos anos 2000, Roberto foi mais um artista a participar do etsrelado hall da série Acústico da MTV. O disco trouxe a participação de artistas como Samuel Rosa, do conjunto Skank, e o guitarrista Tony Bellotto, dos Titãs.

Em 2004, comemorando os 30 anos de sua série de especiais na Tv Globo, Roberto Carlos teve sua discografia relançada em grandes boxes, divididos por décadas. Um ano depois levaria o Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Romântica, com o álbum Pra Sempre Ao Vivo No Pacaembu.

Ele repete a dose em 2006, faturando novo Grammy Latino com o disco Roberto Carlos, de 2005. 

Depois disso, Roberto Carlos lançou mais três discos: Duetos, Roberto Carlos En Vivo (disco em espanhol) e Roberto Carlos e Caetano Veloso e a música de Tom Jobim.









terça-feira, 24 de maio de 2011

Quarta-feira é dia de nos encantarmos com Clara Galvão!

Você já sabe o quanto são boas as quartas que passamos com a Clara Galvão no Mistura Cenários.
Essa linda cantora que vem interpretar Samba e MPB com seu cavaquinho.


Não perca essa. Faça sua reserva: 3254.2520



quinta-feira, 19 de maio de 2011

Roberta Lima - Quarta-feira - 19 de Maio

Sabe o que espera por você mais tarde? O Show de Roberta Lima no Mistura Cenários.

“Especial” interpretando, "CANTORAS CONSAGRADAS DA MPB", com a participaçao do músico Ivo Studart que nos presenteia com arranjos musicais belissimos.

Lembrando que hoje é dia de Delícias de Caranguejo no Mistura Cenários.
Venha saborear:

Casquinha de Caranguejo;
Arroz de Caranguejo;
Escondidinho de Caranguejo;
Batata Rostye de Carangueijo.

Ligue e faça sua reserva: 3254.2520

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Quinta no Mistura Cenários é dia de Delícias de Caranguejo.

Delícias de Caranguejo


Venha saborear:

  • Casquinha de Caranguejo;
  • Arroz de Caranguejo;
  • Escondidinho de Caranguejo;
  • Batata Rostye de Carangueijo.

Ligue e faça sua reserva: 3254.2520

Clara Galvão - Quarta-feira dia 18 de Maio.


Hoje é dia de sair com amigos e relaxar para poder suportar o restinho da semana. Programe com seus amigos e faça a sua reserva (3254.2520) para passar momentos inesquecíveis ao som de Clara Galvão e Convidados. 

Clara Galvão irá nos encantar nesta quinta com o seu Cavaquinho interpretando “Samba e MPB”  a partir das 20:00.

domingo, 15 de maio de 2011

Djavan

De uma família pobre de Maceió para o altar dos intocáveis da MPB, Djavan trilhou um caminho em geral fadado ao fracasso: chegou ao Rio como retirante em 1973 para tentar o sucesso, confiando apenas em seu talento. 

Em 1975 interpretou a canção “Fato Consumado”, que lhe garantiu o segundo lugar no Festival Abertura da Rede Globo. 



No ano seguinte gravava seu primeiro álbum, “A Voz, o Violão e a Música de Djavan”, no qual constam, entre outros clássicos, “Flor de Lis” e “Maçã do Rosto”. 



Desde então começou a consolidar uma das carreiras mais consistentes da música brasileira. A explosão definitiva viria em 1982 no disco “Luz”, que contou com a nobre participação de Stevie Wonder. Dois anos mais tarde estrearia como ator no filme “Para Viver um Grande Amor”, de Miguel Faria Jr.



Um pouco sobre o menino Djavan.

Djavan poderia ter sido jogador de futebol. Lá pelos 11, 12 anos, o garoto Djavan Caetano Viana divide seu tempo e sua paixão entre o jogo de bola nas várzeas de Maceió e o equipamento de som quadrifônico da casa de Dr. Ismar Gatto, pai de um amigo de escola.

Da primeira paixão, despontava como meio-campo no time do CSA, onde poderia ter feito até carreira profissional. Mas é na viagem sonora pela coleção de discos do Dr. Ismar, que para o pequeno alagoano parecia conter toda a música do mundo, que desponta um artista: o compositor, cantor, violonista e arranjador Djavan.

Nascido em 27 de janeiro de 1949, em família pobre, aprende violão sozinho, nas deficientes cifras de revistas do jornaleiro. Aos 18, já anima bailes da cidade com o conjunto Luz, Som, Dimensão (LSD). Não demora a ter certeza: precisa compor.


sábado, 14 de maio de 2011

No aconchego de casa (Buchicho Guia)

O feijão verde do Mistura Cenários é cremoso e leve ao mesmo tempo (Foto: Edimar Soares)MISTURA DE CENÁRIOS

O ambiente convida a entrar e esquecer o relógio, como uma visita à casa de amigos. O cenário completa a sensação de aconchego porque é cheio de graça. São móveis e artigos de decoração exclusivos que convidam o olhar e despertam a sensibilidade. Este é o Mistura Cenários, bar e bistrô que funciona há quase três anos na rua Barão de Aracati, próximo à avenida Santos Dumont. “Aqui promovemos e provocamos encontros. As pessoas chegam, vão dividindo as mesas e formando uma grande roda de amigos”, conta Iri Silva, uma das proprietárias. Partindo para os trabalhos, provamos o feijão verde da casa, que é apontado como um dos melhores da cidade. Preparado e servido numa tigela de barro, a receita segue a tradição. O diferencial é o toque de leveza que a proprietária Lia Dehnhardt sugeriu à receita de Odália Evangelista, a chef do lugar. Ainda que venha bem cremoso, a composição é superlight, um segredo que fica entre as quatro paredes da cozinha.


SERVIÇO

MISTURA CENÁRIOS
Rua Barão de Aracati, 1240 – Aldeota.
Horário de funcionamento: quarta a sábado, de 18 a 1 hora.
Formas de pagamento: Dinheiro, cartões de débito e crédito (exceto Hipercard). Aceita cheque.
Capacidade: 90 lugares.
Obs.: Música ao vivo com voz e violão de quarta a sábado. Couvert: R$ 5.
Outras info.: 3254 2520

Fonte: http://www.opovo.com.br/app/opovo/buchichoguia/2011/05/13/noticiabuchichoguiajornal,2241555/no-aconchego-de-casa.shtml

Sábado é dia de descanso. Então venha relaxar ao som de Edinho Vilas Boas no Mistura Cenários

Sábado é dia de descanso. Então venha relaxar ao som de Edinho Vilas Boas no Mistura Cenários
Edinho Vilas Boas interpretando Clássicos da MPB, Sambinhas, Bossa Nova... A partir das 20:00 
Couvert: 5,00 por pessoa





quarta-feira, 11 de maio de 2011

Clara Galvão - Quarta-feira dia 11 de Maio.


Hoje é dia de sair com amigos e relaxar para poder suportar o restinho da semana. Programe com seus amigos e faça a sua reserva (3254.2520) para passar momentos inesquecíveis ao som de Clara Galvão e Convidados. 


Clara Galvão irá nos encantar nesta quinta com o seu Cavaquinho interpretando “Samba e MPB” – (violão Amanda Nunes) a partir das 20:00.

domingo, 8 de maio de 2011

Eliane Lobo casada com a cultura popular!

Desde cedo Eliane Lobo teve contato com a cultura popular (terreiros, os bois do reisados, maracatu...) através deste contato ela se apaixonou pelas cores, brilhos e alegria.

Com um olhar de quem ama, Eliane quis reproduzir em telas toda essa alegria. Não com o objetivo de resgatar a cultura, pois para ela a cultura não precisa ser resgatada, afinal de contas ela está aí, só nos basta vivenciá-la.

A artista autodidata afirma que a cada pincelada, a cada tela pintada ela descobre novas misturas, novas nuances, na verdade vai se encontrando com a arte.

Quando perguntada se ela tem compromisso de retratar em suas telas apenas a cultura de sua região (nordeste) ela afirma que não, pois ela é aberta a todas as expressões.

Eliane começou reproduzindo paisagens, mas, segundo ela, não foi uma boa experiência, pois não gostou do trabalho que desenvolveu. Foi então que decidiu retratar e reproduzir o que ela sempre gostou, a cultura popular. Ao realizar alguns trabalhos de pesquisa na instituição em que trabalha, foi quando ela mergulhou literalmente nas artes plásticas.

Quando questionei sobre a sua fonte de inspiração, ela afirmou que é inesgotável, porque ela retrata o que ela vive. Quando pinta uma tela é como se ela estivesse presente naquele ambiente, naquela festa ... Observando as suas telas podemos perceber que o movimenta que há nelas nós vemos que ela não pinta com uma visão de espectadora, mas sim de participante.

Há uma identificação do publico com a sua arte, pois muitos se recordam do tempo da infância quando participavam ou simplesmente viam os festejos juninos, maracatu...

Eliane deixa bem claro que é uma defensora da cultura popular quando afirmou que há uma desvirtuação das festas juninas, quando todos se juntavam para festejar a boa colheita do milho, era uma festa de contemplação, todos com trajes simples, as mulheres com seus vestidos de chita, mas hoje você fica em dúvida quando observa uma quadrilha nos dias de hoje, pois você fica sem saber se é uma dança portuguesa ou polca. Por isso ela tenta reproduzir em suas telas o mais próximo possível do original que são vilas simples, capelas, vestidos de chita e geralmente no ambiente noturno quando geralmente as festas acontecem para destacar a beleza do colorido.

“Fico feliz em ter minha arte exposta nesta mistura de cenários, culturas, cores e encantos que só se encontra no Mistura Cenários.” Eliane Lobo

Admire um pouco da arte naif de Eliane Lobo que é casada com a cultura nordestina.






Um pouco da cultura popular nordestina:







Não deixe de passar no Mistura Cenários para conferir as belas telas de Eliane Lobo.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Roberta Lima - Quinta-feira 05 de Maio





Sabe o que espera por você mais tarde? O Show de Roberta Lima no Mistura Cenários.

“Especial” interpretando, "CANTORAS CONSAGRADAS DA MPB", com a participaçao do músico Ivo Studart que nos presenteia com arranjos musicais belissimos.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Clara Galvão - Quarta-feira dia 04 de Maio.


Hoje é dia de sair com amigos e relaxar para poder suportar o restinho a semana. Programe com seus amigos e faça a sua reserva (3254.2520) para passar momentos inesquecíveis ao som de Clara Galvão e Convidados. 


Clara Galvão irá nos encantar nesta quinta com o seu Cavaquinho interpretando “Samba e MPB” – (violão Amanda Nunes) a partir das 20:00.

domingo, 1 de maio de 2011

Promoção da Semana das Mães! Descontos de até 60%

Um pouco sobre Maria Bethânia

Bethânia começou a freqüentar as rodas artísticas acompanhando seu irmão Caetano Veloso, depois de mudar-se de Santo Amaro da Purificação para Salvador em 1960. 

Em 1963 cantou na peça “Boca de Ouro”, de Nelson Rodrigues e pouco depois conheceria Gal, Tom Zé e Gil, com quem montaria o espetáculo “Nova Bossa Velha, Velha Bossa Nova”. Em uma das apresentações, de passagem por Salvador, Nara Leão ouviu Bethânia cantando e assim surgiu o convite para substituí-la no antológico espetáculo “Opinião”, com Zé Ketti e João do Vale. 

Em 1965, gravou seu primeiro LP com sambas de Noel Rosa e músicas do irmão, àquela altura já considerado um compositor em ascenção. Em 1976 participou do supergrupo “Doces Bárbaros”, ao lado de Gil, Gal e Caetano. Dois anos mais, tornaria-se a primeira cantora brasileira a vender mais de 1 milhão de cópias, com o disco “Álibi”, onde emplacou sucessos como “Explode Coração”, “Negue” e “Sonho Meu”. Seguiu fazendo álbuns intimistas de relativo sucesso, sempre com extremo apreço à seleção do repertório. 

Em 1994, veio "As canções que você fez pra mim" um estrondoso sucesso só com canções românticas de Roberto e Erasmo Carlos. Em 2002 foi contratada pela gravadora Biscoito Fino e gravou o duplo “Maricotinha - Ao Vivo”, com quase 50 canções.